Conheça as Características das Funções de Segurança!

Escrito por Josue Evandro Conchi

Publicado em 26 de março de 2021 · 7 minutos de leitura

Ao falar de características das funções de segurança no trabalho com máquinas, a primeira coisa que encontramos é a Portaria NR-12.

Portanto, essa norma regulamentadora abrange todas as características dos processos nos quais dizem respeito às máquinas e seus equipamentos.

As principais características da NR 12 são determinar referências técnicas, princípios fundamentais e medidas de proteção a fim de garantir a saúde e a integridade de todos.

Portanto, as características das funções de segurança estabelecem os requisitos mínimos a fim de prevenir acidentes e doenças do trabalho.

Isso nos momentos de utilização de máquinas e equipamentos de todos os tipos e ainda à sua fabricação, importação, comercialização, exposição e cessão a qualquer título.

Portanto, deve-se atentar às características das funções de segurança, em todas as atividades econômicas.

Em ambientes onde há muitas máquinas e equipamentos instalados, faz-se necessário ter instalações apropriadas e um arranjo físico.

Sendo assim, as características das funções de segurança possibilitam suportar toda a aparelhagem e garantir um local salubre.

Todas as medidas de proteção seguem uma ordem de prioridade, na qual é a adoção de equipamentos de proteção coletiva.

Primeiramente, é implantada a proteção no local de trabalho para não sobrecarregar o fator humano.

Mas, não sendo suficiente, deve-se adotar medidas administrativas intervindo em mudanças de layout, mudança de funções, entre outras.

Dessa forma, por último deve-se implementar a implantação do uso de EPI (equipamentos de proteção individual). Portanto, conheça as características das funções de segurança!

Conheça o processo de seleção de riscos nos projetos de segurança!

Norma ABNT NBR 14.153

Primeiramente, esta Norma especifica os requisitos das características das funções de segurança e estabelece um guia sobre os princípios para o projeto de partes de sistemas de comando relacionados à segurança. Dessa forma, essas partes especificam categorias e descrevem as características de suas funções de segurança. Sendo assim, essas características incluem sistemas programáveis para todos os tipos de máquinas e dispositivos de proteção relacionados. De modo a deixar ainda mais claro as características das funções de segurança, separamos o detalhamento do item 5 abaixo.

Características das funções de segurança do item 5 da NBR 14.153

O item 5 fala exatamente sobre uma lista das características das funções de segurança. Sendo assim, confira abaixo o que consta na Norma NBR 14.153 sobre as características fundamentais nas funções de segurança.

Funções de Parada

Uma das características das funções de paradas iniciadas por um dispositivo de proteção precisa, tão rápido quanto necessário, após sua atuação, colocar a máquina em condição segura. Esse tipo de parada precisa ter prioridade sobre qualquer parada devido a razões operacionais. Quando um grupo de máquinas trabalha em conjunto, de forma coordenada, meios devem existir a fim de sinalizar ao comando supervisor e/ou às outras máquinas nas quais tem essas funções.

NOTA: essa parada pode causar problemas operacionais, dificultando o reinício de operação, por exemplo, em solda a arco. Mas, em algumas aplicações, essas funções podem ser combinadas com alguma parada por razões operacionais. Desse modo, podem reduzir o incentivo à manipulação das funções de segurança.

Características das funções de segurança: Parada de emergência

Quando um grupo de máquinas trabalha de forma coordenada, as partes relacionadas às características de segurança devem ter meios de sinalizar a função de parada de emergência a todas as partes do sistema coordenado. Contudo, as seções do sistema coordenado são claramente separadas, por exemplo, proteções ou localização física. Contudo, nem sempre é necessário aplicar a parada de emergência a todo o sistema, mas apenas a seções particulares, identificadas pela apreciação dos riscos. Após a efetivação da pausa de emergência para uma seção, um perigo não deve estar presente nas interfaces dessa seção com as outras seções.

Rearme Manual

Após o início de um comando de parada através de um dispositivo de proteção, mas, a condição de parada deve ser mantida até a atuação manual do equipamento de e até que uma condição segura de operação exista. O restabelecimento da função segura pelo rearme do dispositivo de proteção cancela os comandos. Se indicado pela apreciação do risco, o cancelamento do comando precisa ser confirmado através de alguma ação manual, separada e deliberada (rearme manual).

As características das funções de segurança de rearme manual devem ser atuadas através de um dispositivo separado, manualmente operado, em conjunto com as partes do sistema relacionados à segurança. Somente poderá ser efetivada se todas as características das funções e dispositivos de proteção estiverem operando. Se isso não for possível, o rearme não deve estar disponível, não necessita, por si só, iniciar movimento ou uma situação perigosa, deve ser de ação deliberada, é necessário preparar o sistema de controle para a aceitação de um comando de partida separado, deve somente ser aceito pela atuação do atuador de sua posição liberada (desligado).

A categoria das partes relacionadas à segurança, nas quais atuam no rearme manual, precisa ser selecionada de tal forma que a inclusão do rearme manual não diminua a segurança requerida das funções de seguranças relevantes. Portanto, o atuador do rearme precisa estar situado fora da área de perigo e em posição segura, de onde se tenha boa visibilidade para a verificação da inexistência de pessoas na zona de perigo.

Características das funções de segurança: Partida e Reinício

Entre outras características, o reinício do movimento deve ocorrer automaticamente, apenas quando a situação de perigo não puder existir. Em particular, para proteções de controle, versão EN 292-2. Essas características de partida e reinício de movimento também devem se aplicar a máquinas nas quais tem a possibilidade de serem controladas remotamente.

Tempo de Resposta

O projetista ou o fabricante deve declarar o tempo de resposta, quando a apreciação do risco de a parte do sistema de controle relacionado à segurança indicar que isso é necessário. NOTA: o tempo de resposta do sistema é parte do tempo total de resposta da máquina. O tempo total de resposta necessário da máquina pode influenciar o projeto da parte relacionada à segurança, por exemplo, a necessidade de aplicar um sistema de freio.

Parâmetro relacionados à segurança

Quando as características de parâmetros relacionados à segurança (posição, velocidade, temperatura, pressão) desviam dos limites preestabelecidos, o sistema de controle deve iniciar medidas apropriadas (atuação da função parada, sinal de alarme, advertência). Se erros na entrada manual de dados, relacionados à segurança, em sistemas eletrônicos programáveis, podem levar a situações de perigo. Portanto, devem estar previstos nos sistemas de checagem de dados no sistema relacionado à segurança (checagem de limites, formato e/ou entrada de valores lógicos).

Características das funções de segurança: Comando Local

Quando alguma máquina é comandada no local (por dispositivos de comando portáteis, pendentes), portanto, as seguintes características das funções também precisam serem aplicadas:

  • Os meios para seleção do comando local devem estar situados fora da zona de perigo;
  • Não se pode iniciar condições perigosas fora da zona do comando local;
  • A comutação entre comando local e externo (por exemplo, remoto) jamais deve criar uma situação de perigo.

Pausa

A pausa jamais deve resultar na exposição de qualquer pessoa a uma situação de perigo. Durante a pausa, as condições de segurança devem ser asseguradas por outras formas. Ao final da pausa, todas as funções das partes relacionadas à segurança do sistema de comando devem ser restabelecidas. A categoria das partes relacionadas à segurança nas quais são responsáveis pela função pausa devem ser selecionadas, de tal forma que a inclusão da função pausa não reduza a segurança requerida das funções relevantes de segurança. NOTA: em algumas aplicações, é necessário ter um indicador de pausa.

Flutuação Falta e Retorno das Fontes de Alimentação

Quando ocorrem flutuações no nível de energia, além dos limites considerados no projeto, incluindo o corte do fornecimento de energia, as partes relacionadas às características de segurança dos sistemas de controle devem continuar a fornecer, ou iniciar, sinais de saída, que habilitaram outras partes do sistema da máquina a manter um estado seguro. Agora você já sabe o que é a Norma NBR 14.153 e sabe os detalhes sobre as características das funções de segurança, continue acompanhando nosso blog e confira mais conteúdos como este! Deixe um comentário abaixo e compartilhe nosso artigo sobre as características das funções de segurança com seus colegas!

Entenda o Objetivo do Projeto de Segurança de Máquinas

Deixe o seu comentário

Participe do nosso grupo de Telegram!

Tudo sobre NR 12, incluindo materiais gratuitos, planilhas de controle, modelos de análises de risco e uma comunidade engajada sobre NR 12!
Mais artigos relacionados

Materiais Gratuitos!

Confira todos os materiais criados pela Normatiza para engenheiros, técnicos e relacionados a NR 12!

Falar no WhatsApp
1
💬 Falar com especialistas em NR 12
Olá!
Fale com nossos especialistas em NR 12 e conheça mais da Normatiza!