Como fazer um projeto de segurança de máquinas?

Escrito por Josue Evandro Conchi

Publicado em 11 de janeiro de 2021 · 5 minutos de leitura

De modo a preservar a saúde e integridade física dos seus funcionários, as empresas devem saber como fazer um projeto de segurança de máquinas.

Pois, caso utilizem alguns equipamentos em suas atividades devem ter determinados cuidados quando se diz a respeito da segurança de máquinas.

Isso, na verdade, é uma obrigação exigida pela NR 12, criada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Ela fala sobre regras de adequação de empresas de modo a garantir a segurança no uso de máquinas.

Por isso, acompanhe este artigo e veja as fases nas quais definem um projeto de segurança de máquinas, de acordo com todas as normas reguladoras.

Conheças os termos e significados da Norma NBR-14153!

Relação entre NR 12 e NBR 14153

A NR 12 fornece todas as informações técnicas e as medidas de proteção que devem ser tomadas. Dessa forma, garantindo que os trabalhadores onde se realiza a manipulação de máquinas não sejam vítimas de acidentes. Sendo assim, a empresa deve montar um projeto de segurança e a NR 12 indica a NBR 14153 a fim de auxiliar na categorização dos sistemas de segurança. Dessa forma, oferecendo um guia sobre os princípios nos quais regem o projeto.

Objetivo principal do projeto

O principal objetivo do projeto deve estar relacionado à construção de medidas de segurança de máquinas. Sendo assim, estas medidas devem levar alguns fatores em consideração. Tendo como referência a NBR 14009, as funções de segurança devem impedir acidentes durante o uso correto das máquinas. Dessa forma, impedindo algum risco quando ocorre algum defeito nas máquinas ou quando houver erro humano durante a sua utilização. Algumas informações nas quais devem estar destacadas no projeto:

  • Categoria na qual está sendo utilizada como referência no projeto;
  • Identificação exata do início e fim das partes relacionadas à segurança;
  • Quais os defeitos foram levados em conta e aqueles que foram excluídos para definirem as respectivas categorias.

Portanto, se a redução de risco depende inteiramente do funcionamento do sistema de segurança, é importante realmente serem resistentes a qualquer tipo de defeito. Os parâmetros dos sistemas de segurança são:

  • Confiabilidade com relação ao desempenho das funções de segurança;
  • Estrutura do sistema de comando;
  • Qualidade da documentação relacionada à segurança;
  • Qualidade da especificação;
  • Projeto, construção e manutenção;
  • Qualidade e exatidão do software;
  • Amplitude dos ensaios funcionais;
  • Características de operação das máquinas ou parte das máquinas sob comando.

Todos esses parâmetros podem ser organizados em grupos, de acordo com três características principais:

  • Confiabilidade de hardware;
  • Arquitetura do sistema;
  • Aspectos no quais podem afetar o sistema de segurança.

Como fazer um projeto de segurança de máquinas?

Para se fazer o projeto de segurança, é preciso selecionar as medidas onde serão implementadas. Esta parte é mais interativa, pois existem várias formas de redução de risco e cada uma delas tem um tipo de projeto. O processo deve ser feito em 5 passos e, qualquer decisão tomada em algum deles pode promover algum tipo de mudança em um passo anterior. Por isso a etapa de validação é tão importante para a proteção em máquinas.

Veja as etapas de realizar um projeto de segurança de máquinas!

Primeiramente, a fim de realizar o projeto de segurança de máquinas, deve-se realizar a análise do perigo e apreciação de riscos, veja a seguir. Inicialmente, é preciso identificar os riscos em todas as formas de operação da máquina e estágios da sua vida. Em seguida, deve-se avaliar, a fim de decidir quais as melhores alternativas de modo a reduzir esse risco. Após isso, é necessário realizar a decisão das medidas para a redução de risco. Portanto, as medidas de projeto ou a aplicação de proteções para redução do risco deverão ser definidas. Após realizar esse procedimento, é preciso realizar a especificação dos requisitos de proteção.

Portanto, neste passo, deverá fazer as especificações das funções de segurança do sistema de comando. Cada parte deve ter sua categoria e é preciso identificar também como a segurança deve ser atingida. Após isso, as partes do sistema de comando devem ser projetadas de acordo com as especificações mencionadas anteriormente. Sendo assim, os aspectos nos quais serviram de base lógica do projeto serão listados de acordo com suas respectivas categorias. Todas as funções e categorias de segurança que foram alcançadas no projeto, após a especificação, serão validadas e reprojetadas, caso necessária.

O projeto de segurança de máquinas tem um grau de importância elevadíssimo a fim de garantir a integridade física. Principalmente, quando se diz a respeito da operação de máquinas, na qual é muito perigosa. Sendo assim, sempre verifique novas normas determinadas pelo Ministério do Trabalho, assim poderá garantir a integridade de todos. Portanto, deverá fazer com atenção e seguindo todos os parâmetros exigidos por sua norma reguladora específica. Dessa forma também, com outras normas onde complementam algumas etapas. Sendo assim, agora você já sabe realizar um projeto de segurança de máquinas, então faça agora mesmo!

Veja como fazer a seleção das categorias de risco!

Deixe o seu comentário

Participe do nosso grupo de Telegram!

Tudo sobre NR 12, incluindo materiais gratuitos, planilhas de controle, modelos de análises de risco e uma comunidade engajada sobre NR 12!
Mais artigos relacionados
Processo de Projeto – Principais Aspectos

Processo de Projeto – Principais Aspectos

Primeiramente, para garantir a sua proteção e a proteção do serviço realizado, existem normas nas quais regulam o processo de projeto. Pois, o manuseio de máquinas e equipamentos é extremamente comum na rotina de vários trabalhadores brasileiros, isso exige ter um...

Saiba como funciona a Validação – Conformidades

Saiba como funciona a Validação – Conformidades

Na atividade com máquinas e equipamentos a Validação é processo essencial, sobretudo, a fim de aumentar os níveis de segurança. Entenda aqui mais sobre este fator. Sendo assim, no chão da fábrica é preciso ter atenção a muitos detalhes para que acidentes não ocorram....

Consideração de defeitos segundo a NR 12!

Consideração de defeitos segundo a NR 12!

Muitas pessoas não sabem o que a NR-12 ou a NBR 14.153 falam em relação à segurança adequada, principalmente a respeito da consideração de defeitos. Além disso, há algumas dúvidas em relação às considerações de defeitos e falhas, bem como evitar esses problemas. Sendo...

Materiais Gratuitos!

Confira todos os materiais criados pela Normatiza para engenheiros, técnicos e relacionados a NR 12!