Defeitos e Falhas nas Tecnologias segundo a NR 12!

Escrito por Fernando Conci

Publicado em 3 de março de 2021 · 4 minutos de leitura

O conhecimento aprofundado da NR 12 é essencial para que o profissional de segurança do trabalho desempenhe a sua função, estando atento sobre as falhas nas tecnologias.

Pois, a NR 12 determina e exige que sejam adotadas medidas de proteção coletiva, individual, administrativas ou de organização do trabalho caso aconteça falhas nas tecnologias.

Portanto, essa norma tem o objetivo de assegurar o bom funcionamento das máquinas, equipamentos e demais tecnologias a fim de garantir a segurança do trabalhador.

Em caráter complementar a NR 12, existe a ABNT NBR ISO 12100:2013, apresenta definições relacionadas à apreciação e redução de risco.

Neste artigo, você vai conhecer tudo sobre defeitos e as falhas nas tecnologias segundo as normas trabalhistas, informações fundamentais ao profissional de segurança do trabalho.

Segurança, Confiabilidade e Disponibilidade para Máquinas

O que é um defeito?

Segundo a ABNT NBR ISO 12100:2013, no item 3.33, os defeitos correspondem ao estado de um determinado elemento caracterizado pela sua incapacidade de realizar uma função requerida. Exceto durante manutenção preventiva ou outras ações planejadas, ou devido à ausência de condições externas.

Sendo assim, o documento apresenta 3 notas, a nota 1 corresponde ao defeito no qual é frequentemente o resultado de uma falha do próprio elemento. Entretanto, pode ocorrer independentemente de uma falha prévia.

A nota 2, menciona o seguinte: no segmento de máquinas, o termo “defeito” é usado de acordo com a definição da IEV 191-05-01, semelhante ao termo francês “défaut” e o termo em alemão “Fehler”, no qual são usados preferencialmente aos termos “panne” e “Fehlerzustand”, nos quais aparecem na IEV com essa definição. Já a nota 3, os termos “falha” e “defeito” são frequentemente usados como sinônimos.

O que são falhas nas tecnologias?

As falhas nas tecnologias, segundo a Norma Regulamentadora número 12, correspondem a todas as situações nas quais podem comprometer a integridade física do trabalhador. Sendo assim, no item 3.34 da ABNT NBR ISO 12100:2013, trata-se da “incapacidade de um elemento executar a função requerida.”. Portanto, o item ainda destaca as notas das falhas nas tecnologias, veja abaixo:

  • Depois de uma falha, o componente apresenta um ou mais defeitos;
  • “Falha” é um evento, diferentemente de “defeito”, é um estado;
  • O conceito assim definido não é aplicado aos elementos nos quais consistam apenas em software.

Tipos de falhas nas tecnologias

Primeiramente, a NR destaca que as falhas nas tecnologias ocorridas durante as atividades podem ser de diferentes origens. Veja abaixo as mais comuns, segundo a norma:

  • Mecânica;
  • Humana no projeto;
  • Sistema;
  • Elétrica.

Desse mesmo modo, a ABNT NBR ISO 12100:2013, por sua vez, define falha nos seguintes grupos de falhas nas tecnologias:

  • Falhas de causa comum: falhas em diferentes elementos, resultantes de um único evento, onde estas falhas não são consequências umas das outras.
  • Falhas de modo comum: falhas de elementos caracterizadas pela mesma forma de defeito.
  • Mau funcionamento: falhas de uma máquina ao executar uma função pretendida.

Como identificar e prevenir falhas nas tecnologias?

Primeiramente, é muito importante a realização do autoteste, a fim de se verificar o funcionamento das máquinas e/ou dispositivos e se existem falhas nas tecnologias presentes. Além disso, também é possível fazer o autoteste através do uso de um software. Entretanto, o software só identifica falhas humanas se indicar algum risco na NR 12. Dessa maneira, para a ABNT NBR ISO 12100:2013, as falhas são conceituadas como um evento, já os defeitos são considerados um estado.

Apesar de semelhantes, ambos podem acontecer em recorrência, caso os profissionais de segurança do trabalho não atuem de maneira preventiva e corretiva. Por isso, a aplicação dos conceitos e determinações da norma regulamentadora número 12 e da ABNT NBR ISO 12100:2013 evita os defeitos e falhas nas tecnologias, e consequentemente, garante a segurança e bem-estar do trabalhador.

Inventário de Máquinas e Equipamentos: Guia completo

Deixe o seu comentário

Participe do nosso grupo de Telegram!

Tudo sobre NR 12, incluindo materiais gratuitos, planilhas de controle, modelos de análises de risco e uma comunidade engajada sobre NR 12!
Mais artigos relacionados

Materiais Gratuitos!

Confira todos os materiais criados pela Normatiza para engenheiros, técnicos e relacionados a NR 12!

Falar no WhatsApp
1
💬 Falar com especialistas em NR 12
Olá!
Fale com nossos especialistas em NR 12 e conheça mais da Normatiza!