Gestão NR12 – Veja Como Fazer Facilmente!

6 minutos de leitura

Escrito por Josue Evandro Conchi

Publicado em 7 de junho de 2020

Fazer a gestão da NR12 é essencial a fim de promover segurança dos colaboradores, e evitar gastos desnecessários.

Dessa forma, fazendo a gestão NR12, ficará sabendo, aqui, quais ações deve realizar em destino a alcançar esses objetivos.

Dias de fiscalização e/ou auditoria é sempre preocupante aos gestores do setor de segurança do trabalho, principalmente em empresas nas quais trabalham através das máquinas e equipamentos, é fundamental ter uma gestão NR12.

Nesse segmento a Norma Regulamentadora 12(NR12), instituída pela Portaria 3.214/78, é quem determina as obrigatoriedades voltadas a prevenção de acidentes.

Logo, ao colocar essas orientações em prática é o grande desafio, por isso, além de conhecer os pormenores da NR12, é necessário gerenciar sua aplicação.

Entenda como é possível e qual a importância de realizar a gestão da NR12 em sua empresa.

Como Funciona a Gestão NR12?

Organizar procedimentos internos de alguma fábrica, interessado em evitar acidentes durante o trabalho, é uma tarefa que exige conhecimento e atenção aos detalhes. Ela embasada nessa premissa na qual se deve realizar a gestão da NR12.

Assim, o profissional responsável pela gestão NR12 deve realizar as seguintes ações:

  • Identificação do risco – a tríade Análise, Avaliação e Apreciação do risco é o no qual norteia o trabalho com máquinas e equipamentos. O gestor assertivo não perde de vista esses tópicos, são descritos na NBR ABNT 12100;
  • Comprovação da execução de projetos – quando se identifica possíveis riscos a operação, é necessário implantar um projeto a fim de sanar o problema. O gerenciamento da NR12 pede acompanhamento a implantação e execução do projeto. E isso vale em diferentes etapas (manutenção, ajustes, limpeza, etc.);
  • Reanálise do sistema – é fundamental rever os procedimentos de segurança implantados. Funciona como uma espécie de revalidação das regras apresentadas a proteção do maquinário e dos trabalhadores;
  • Treinamentos – atualizar toda equipe sobre as novas diretrizes da norma, por exemplo, é item obrigatório da gestão assertiva. Sem a ajuda do time, será difícil obter êxito nessa proposta;
  • Documentação – confirmar se os manuais, ART, e outros documentos técnicos estão disponíveis na máquina ou no setor é exercício corriqueiro aos técnicos e engenheiros de segurança do trabalho. Também devem garantir que operadores tenham acesso a esse conteúdo.

Pode-se acessar o site do Ministério do Trabalho e se informar sobre todos os pontos desta Norma.

A gestão NR-12 uma estrutura básica de gerenciamento, acaba evitando tanto os acidentes quanto o desgaste dos profissionais envolvidos.

A fim de ter certeza nas quais essas ações acontecerão de forma plena, a boa prática sugere a criação de um comitê gestor.

O auxílio do comitê gestor para gestão da NR12

O profissional de segurança do trabalho sabe dos obstáculos maiores na aplicação dessa norma, principalmente, fazer todos os setores falem a mesma língua, implementar um comitê gestor é uma eficaz solução a fim de reduzir isso.

Seu principal objetivo é unir representantes de departamentos envolvidos com os procedimentos da NR12, a fim de fiscalizar a aplicação desta norma.

Normalmente é comum compor esse grupo setores como:

  • Segurança;
  • Manutenção;
  • Engenharia;
  • Produção;
  • Suprimentos.

Com todos alinhados, não correrá o risco durante a fiscalização, por exemplo, de haver contradições entre as divisões dos departamentos.

O comitê gestor tem o compromisso de acompanhar as rotinas, e averiguar as ações criadas próprias a redução de risco e outras decisões.

Seu papel é fundamental a fim de combater as não conformidades, e garantir segurança jurídica a empresa.

Benefícios de uma gestão da NR12

É comum ouvir de empresários, diretores, gestores quanto a moldar as atividades da empresa aos requisitos da NR12 tem custo alto.

Uma das vantagens de se investir no gerenciamento voltado a atender a norma, é justamente a de economizar.

Como a ideia é sempre estar um passo à frente, os possíveis gastos com danos as máquinas e equipamentos, por exemplo, reduzirão.

Além disso, podemos destacar a gestão da NR12 proporcionará benefícios como:

  1. Atendimento as obrigações legais – a empresa estará dentro dos padrões cobrados por órgãos fiscalizadores, tais quais o Ministério do Trabalho. Também estará sempre pronta a auditorias de recertificação;
  2. Inspeção das máquinas frequentemente – esse tipo de gerenciamento garante certa rotina assertiva a acompanhar o funcionamento do maquinário e equipamentos, afastando riscos de quebras e outros problemas;
  3. Identificação dos limites da máquina – outro benefício dessa gestão ligado a observação dos ciclos da vida da máquina. De maneira organizada, conseguirá indicar quando é necessário desde a manutenção até a sua troca;
  4. Complementação a outros normas – a aplicação da NR12 em muitos momentos se integra com normas técnicas e reguladoras. Fazer sua gestão assertiva favorece a interação com esses outros instrumentos criados a fim de proteger funcionários e máquinas;
  5. Trabalho otimizado – o gestor de segurança, por exemplo, não será exposto a retrabalhos. Manter certa rotina de gestão favorecerá ao trabalho ágil, sem entraves. O profissional terá tempo de concentrar em outras atividades relevantes a empresa;
  6. Despesas menores – a consequência dessa proatividade é a economia considerável nas despesas. Gastasse menos com manutenção, e inclusive, com possíveis causas trabalhistas, haja vista garantirá mais segurança aos trabalhadores.

Lei e normas conectadas a NR12

Na gestão da NR12 é necessário conhecer quais são as outras determinações nas quais orientam a atividade com máquinas e equipamentos, isso é necessário para oferecer segurança jurídica a operação.

Conheça a lista das principais leis e normas alinhadas a NR12:

  • Portaria SIT 787/2018;
  • NBR ABNT 14153;
  • Portaria 197/2010;
  • NBR ABNT ISO 12100;
  • NBR ABNTNM-ISO 13852;
  • NR 10;
  • NBR ABNT ISO 13849-1.

Conhece-las bem é indicador da qual a empresa investe no melhor ambiente de trabalho.

Conforme vimos até aqui, a gestão assertiva da NR12 oferece benefícios concretos.

Mesmo considerada por alguns como uma norma repleta de obrigatoriedades difíceis, ao colocar a NR12 ajuda a empresa a se tornar mais competitiva.

É um diferencial apresentar a clientes e parceiros a efetividade da aplicação da NR12 em seu negócio, assim, a imagem de ser capaz de adequar tantos requisitos, é bastante positiva.

Por isso, sempre apresentamos dicas para você alcançar a melhor gestão da NR12, e descubra outros desdobramentos importantes desta norma.

Aproveite nossas orientações sobre a gestão NR12 e até a próxima!

Materiais Gratuitos para a NR 12!

Confira todos os materiais criados pela Normatiza para engenheiros, técnicos e SST!

Comentários

Artigos relacionados